sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Cidades - conceito, sítios urbanos e situação.


Jerusalém, Israel.
O que é uma cidade?
Esse conceito sofre significativas variações no mundo, no Brasil toda sede de município é cidade. Um município, no Brasil, é a menor unidade administrativa, assim temos a União, referente à Federação Brasileira, que é composta por estados e que por sua vez detêm os municípios. Os municípios possuem suas divisões administrativas, são os distritos, estes não legislam por conta própria, são subordinados às prefeituras municipais.
Boa parte dos países desenvolvidos consideram como cidade uma região onde 85% da população vive em áreas onde a densidade populacional é de 150 pessoas por Km². Um princípio demográfico. [1]
Um conceito mais abrangente de cidade, que pode ser usado em nível mundial, fundamenta-se na aglomeração urbana permanente que não depende do solo para sua subsistência. A permanência é um detalhe essencial e o aspecto da não-dependência das riquezas do solo completa esse conceito.
Sede ou palco onde se desenvolve a vida urbana os conceitos podem privilegiar a importância quantitativa, números de habitantes; ou econômica, atividades desenvolvidadas. De modo geral, para se caracterizar com cidade as atividades não podem ser rurais, elas têm que ser mercantis, industrial, financeiras e culturais.
Paris
As cidades e seus sítios urbanos.
O lugar onde a cidade se desenvolve é chamado de sítio urbano. São espontâneas quando surgem naturalmente: Londres, Recife e Porto Alegre são exemplos. São planejadas quando através de estratégias e ações atingem uma finalidade: Brasília e Belo Horizonte com funções administrativas; Fronteira-MG e Ilha Solteira-SP surgiram como apoio à construção de usinas hidrelétricas.
Dentre as cidade planejadas temos aqueles erigidas para fins de defesa ou entrepostos comerciais, onde o sítio se torna essencial para atingir o objetivo. Elas podem ser em acrópole como Salvador, Rio de Janeiro e Toulouse (FR); em ilhas pluviais com Paris e Nova Iorque; marítimas como Siracussa, Vitória, Santos; lacustres como a Cidade do México; em áreas pantanosas como Veneza. Ainda como estratégia essencialmente (mais não unicamente) militar e de defesa, surgem cidade nas fronteiras entre países como Corumbá, Colônia (AL).
São muitas as cidades que surgem espontaneamente ou são planejadas em entroncamentos de vias, sejam fluviais, rodoviárias, ou ferroviárias pois que agilizam o transporte e a defesa.
Situação da cidade.
Refere-se a posição que ela ocupa no conjunto de determinada região. Um bom exemplo no Brasil é São Paulo, posto de parada antes de chegar ao porto de Santos. Campina Grande também mantém uma situação de entreposto entre o agreste e o sertão da Paraíba.
Fontes:
Enciclopédia Barsa. vol. 5. 1995. pp.327-330.
Enciclopédia Abril. vol. 3 p.883.
Dicionário Aurélio. Ed. Nova Fronteira.
[1] OCDE (Organização para a Copoperação e o Desenvolvimento Econômico) apud Atualidades 2010. Ed. Abril. p. 38.

Um comentário:

Vanessa disse...

SITIO URBANO na Zona Sul do Rio de Janeiro c/ 3200m2

Se você quer construir uma residência de até 4 pavimentos numa área verde c/ 3.200m2 e vista absolutamente deslumbrante para o alto mar, Lagoa, Baia de Guanabara, Ponte Rio-Niterói, Botafogo, Humaitá e Jardim Botânico, eu tenho um sítio urbano c/ 3.117m2, no bairro da Lagoa - Zona Sul da Cidade do Rio de Janeiro, cercado de muita natureza e situado em rua sem saída, com residências de altíssimo padrão, que na sua extensão possui 2 cancelas c/ guaritas de segurança 24 horas.

O imóvel possui ligação definitiva de água e tem projeto de construção de residência já aprovado pela Prefeitura. A propósito da documentação é isento de IPTU, tem escritura definitiva devidamente registrada, enfim, possui documentação impecável. Tenho inúmeras fotografias tiradas no local e estou querendo negociar por um valor INACREDITAVELMENTE BAIXO, para vender rápido. Para saber mais e ver fotos: marcospuca@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...