segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Cidades Pequenas

Considera-se cidade pequenas aquelas com menos de 100 mil habitantes. São as cidades mais numerosas do Brasil, em 1996 apenas 175 cidades tinham mais que 100 mil habitantes, sendo o restante enquadrado no conceito de cidade pequena.
Também são essas cidades que detêm a maior parte da população brasileira 45,24% (as médias detêm 25,05 % e as grandes 29,71%), já sua participação no PIB é de algo em torno de um terço do PIB nacional, 30,95%.
Essa forma de analisá-las com base na população, pode apresentar um certo problema dependendo da região onde elas se inserem. Às vezes, uma cidade com 100, 80 ou até 50 mil habitantes dependendo de sua região pode ter um papel significativo, essa realidade se constata principalmente (mas não unicamente) na região norte, onde cidades consideradas pequenas podem responder como significativas fornecedoras de produtos e serviços.
A grosso modo, muitas cidades pequenas, principalmente nas regiões mais ricas do sudeste brasileiro, possuem boa qualidade de vida e baixa renda. De todo modo, elas não são a maravilha de tranquilidade e qualidade de vida normalmente atribuídas a elas, têm sim boa diferença nas condições de tempo e modo de vida em relação às cidade grandes, mas possuem suas contradições e desigualdades. [1]
As cidades abaixo são exemplos de algumas contradições em considerar pequena toda cidade com menos de 100 mil habitantes. Trata-se, repectivamente, de: Alta Floresta, no extremo norte de Mato Grosso, é a maior cidade daquele região marcada por pequenas vilas, povoados e aldeias e possui em torno de 50 mil habitantes. Santa Fé do Sul-SP, próxima a divisa de Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Goiás, localização estratégica que dá a ela uma considerável importância, em especial nos serviços educacionais, possui 29.192 habitantes. E por fim, Potirendaba, a 30 Km de São José do Rio Preto, com 15 mil habitantes, sob influência direta desta, cidade muito agradável com nível de riqueza baixo mas com bons indicadores sociais. [1]



Alta Floresta.
População - 51.414 (2009);
PIB em mil reais - 450.143 (2007);
PIB per capita em reais - 9.160 (2007).











Santa Fé do Sul.
População - 29.192 (2009);
PIB em mil reais - 401.094 (2007);
PIB per capita em reais - 14.484 (2009).













Potirendaba.
População - 15.128 (2009);
PIB em mil reais - 171.857 (2007);
PIB per capita em mil reais - 11.995 (2007).





Fontes:
SANTOS,Milton; SILVEIRA, María Laura. O Brasil: território e sociedade no século XXI. 7ed. Rio de Janeiro, 2005.
Revista Ateliê Geográfica-Universidade Federal de Goiás.
IBGE - Cidades.
IPEA

Leituras relacionadas.
Cidades grandes.
Cidades médias.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...